terça-feira, 4 de agosto de 2009

Dias de glória...rs

Estou tão elétrica que mal tenho condições de escrever. Já gritei e pulei hoje tudo o que tinha direito e um pouquinho mais... Saí abraçando todo mundo, sorrindo para todo mundo, vibrando com cada parabéns... Ai, que sensação boa!
Mas chega de mistério, né?! Toda essa explosão de sentimentos se deu por duas coisas: primeiro pela maravilhosa recepção que o teaser do filme vem tendo e segundo, porque hoje recebi a notícia que o roteiro do filme recebeu a primeira colocação no Prêmio “Nelson Seixas” de São José do Rio Preto.

Não vou agora ficar falando como miss que acaba de ser coroada, mas não dá para negar que esse prêmio traz um reconhecimento enorme ao meu trabalho como escritora e, principalmente, roteirista. Os trabalhos foram julgados em São Paulo por uma equipe de profissionais da área e seguiu uma série de normas. Tudo isso, mais o fato de que a equipe que hoje trabalha comigo aceitou esse desafio com ou sem prêmio e brigou pelo projeto junto comigo, me fazem estufar o peito e dizer em alto e bom som: SOMOS CINEASTAS!

Um céu cheio de fogos de artifício para todos vocês,

Bia

5 comentários:

Valquiria Menezes disse...

Ontem quando recebi a noticia (e tinha acabado de tomar aquele remédio de dor de cabeça que me dá muito muitooo sono) eu despertei na hora. Lógico, com uma noticia dessas, a gente precisa ficar feliz!!! Biaaaaa parabensss mais uma vez, afinal o roteiro é todo seu!!! e a nossa equipe coseguiu desenvolver esse lindo projeto graças ao seu roteiro, ele foi nossa base!!!! Parabens a todos!!!! Beijos

Gauche disse...

Ontem, quando li num blog a colocação no prêmio, fiquei muito contente. Eu sempre digo que quando fazemos o que gostamos o reconhecimento é consequência natural. Esse prêmio é apenas um dos primeiros. Parabéns a todos.

Jhenifer.

Rafael Marchesin disse...

Só fiquei sabendo hoje desse feito!
Bia, não tenho o que falar, estou embasbacado de tão feliz que fiquei! Parabéns! Só os melhores conseguem o prêmio e você conseguiu o primeiro lugar com o roteiro, ou seja, não foi apenas uma das melhores, foi a melhor!
Isso só mostra o quanto de sucesso o filme ainda terá, já começou com o pé direito! E agora seremos todos como o Saci-Pererê, andaremos só com o pé direito, hehe!
E esse teaser? O que temos para falar dele? Maravilhoso!
É sucesso puro!
Parabéns, Bia, e obrigado por me deixar fazer parte dessa equipe incrível!
Grandes beijos do Rafa!

Rafael Marchesin disse...

Se há uma coisa que me fez encontrar vida dentro de mim nesses últimos dias foi o filme “A Caminho do Céu”, da diretora Bia Lelles. Por que digo que ele me fez encontrar vida em mim? Porque o desânimo realmente tomava conta do meu ser, eu me questionava dia após outro sobre os motivos da vida, me perguntava o que é que eu queria, o que me fazia bem, me perguntava o por que da minha existência. Mas o filme não me trouxe simplesmente uma resposta, mais do que isso, ele anulou as perguntas. Se as perguntas que me atormentavam fizessem parte de um questionário, com certeza elas teriam sido anuladas depois do aparecimento do filme na minha vida.
“A Caminho do Céu” veio até mim bem sorrateiro, cheio de timidez, mas fez questão de entrar pela porta da frente e tomar uma poltrona da sala só para ele. Fiquei sabendo do filme pelo Leandro Marcondelli, grande amigo meu e grande cineasta (sem falar que é o melhor diretor de fotografia que conheço), que me convidou pelo Orkut para participar, ele conversou com a diretora, que me autorizou participar do curta, acontece que isso ocorreu apenas dois dias do início das gravações (todos já haviam participado de inúmeras reuniões até então).
Mas, mesmo sendo um penetra atrasado, não teve quem não me recebeu bem. Muitos do grupo eu não conhecia, conhecia apenas uns três ou quatro integrantes do grupo que já haviam trabalhado comigo em outros projetos. De início, cheguei timidamente, conversando pouco, mas, com o passar do tempo, fui me acostumando às pessoas e fazendo novas amizades além daquelas que já tinha; por fim, mostrei a todos o que sempre fui, um cara que não para de falar! E o melhor de tudo é que o pessoal me deixa falar!, e eu falo e falo um monte de bobagens e o melhor (mais melhor ainda) é que o pessoal não só escuta as minhas nóias como também participa delas. Acho que não seria tão criativo se eu não estivesse perto desse grupo.
A verdade é que, desde o primeiro dia em que entrei para esse projeto, muito coisa boa aconteceu na minha vida, esse monte de gente maravilhosa que entrou na minha vida está me deixando um novo Rafa, pode parecer que não, mas o meu coração é capaz de sentir isso. Talvez eu esteja crescendo, amadurecendo. Acho que a verdade é que estou fazendo amizades

Bia Lelles disse...

Lindinhos do meu coração... vcs são um presente na minha vida! Obrigada pelo carinho de todos vcs!

E Rafa, ainda vamos aterrorizar muito por aí... srsrsrsrs...

Beijo.